Isolado no primeiro vírus da gripe de Parma da estação

Gripe em setembro. O primeiro vírus da estação, da espécie B, foi identificado em Parma por um cotonete de uma menina dos anos de idade 6 hospitalizada no departamento da pediatria geral e da emergência da companhia do hospital-Universidade. O paciente pequeno-relatado pela Universidade de Parma-tinha sido hospitalizado com febre e garganta dorido relativo a uma doença geral do sistema respiratório, para que uma suspeita clínica da gripe não tinha sido formulada.

O vírus da gripe foi isolado ontem por flora de conto e Maria Cristina Arcangeletti e seus colaboradores, nos laboratórios de virologia molecular e agentes virais de isolamento da unidade de operações complexas de virologia de AOU parmigiana, liderada por Adriana Calderaro, diretora da faculdade de especialização em microbiologia e virologia e relacionada ao departamento de medicina e cirurgia da Universidade. Somente na segunda-feira, a mesma equipe fez o diagnóstico oportuno de um caso de dengue em outro paciente pediátrico italiano, retornando de uma viagem ao sudeste asiático.

“O uso de tecnologias moleculares avançadas, em sinergia com os métodos agrícolas convencionais, em uso no escritório de virologia de AOU em Parma-aponta a Universidade-permitiu um diagnóstico rápido da infecção do vírus da gripe B. O vírus da gripe B, bem como o vírus influencia a espécie A, provoca infecção e doença em seres humanos com circulação e episódios epidêmicos recorrentes e geralmente colocados na temporada de inverno em países com clima temperado. “

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *